was successfully added to your cart.

Girlboss é original da Netflix e conta a história (real) de Sophia Amoruso, uma jovem que abriu uma loja no Ebay e virou uma grande marca de moda em Los Angeles, a Nasty Gal. A série foi cancelada recentemente e divide opiniões: Uns amaram, outros odiaram, mas se tem uma coisa que todos que assistiram concordam, é que a trilha sonora de Girlboss é maravilhosa.

A eclética trilha sonora de Girlboss: Clássicos de diferentes épocas

trilha sonora de Girlboss

As músicas combinam perfeitamente com a história e a ambientação feita na cidade de São Francisco. Algumas delas tem uma pegada bem indie, garage rock, soul e de diferentes épocas. Todos os episódios trouxeram canções maravilhosas e selecionei as minhas favoritas para indicar. Confesso que foi uma tarefa difícil.

 Gold Lion – Yeah Yeah Yeahs

Essa música é a primeira faixa do álbum “Show Your Bones”, o segundo da banda Yeah Yeah Yeahs. A letra fala que “Leões de ouro vão dizer onde está a luz”, enquanto a pessoa segue seu caminho.

Rebel Girl – Bikini Kill

“Quando ela fala, eu ouço a revolução”. Essa música é parte do álbum Pussy Whipped, do Bikini Kill. A banda fez grande sucesso nos anos 90 com suas letras feministas, características do movimento Riot Grrl. Rebel Girl fala de uma garota que mantém sempre sua cabeça erguida e que se impõe na sociedade.

I’ve got dreams to remember – Otis Redding

A música é um importante sucesso de Otis Redding, cantor de soul norte-americano que se destacou nos anos 60. A letra conta a história de alguém que viu a pessoa amada com outra pessoa e que, por isso, tem sonhos rudes para lembrar.

É aquele tipo de música para dançar abraçado, sofrer pelo crush ou para ouvir enquanto toma um vinho, jogado no sofá de casa. Tem a melodia muito boa, voz maravilhosa e letra amorzinho.

Teenage Dirtbag – Wheatus

Essa música é sucesso dos anos 2000, da banda Wheatus. Ela fala de um amor platônico por uma garota: “ela arrasa com aqueles tênis e meias soquetes, mas ela nem sabe quem eu sou, não dá a mínima porque eu sou apenas um adolescente desleixado”.

Apesar da letra falar de um amor de adolescente, a música é muito divertida e a melodia lembra bem as bandas de rock alternativo do comecinho do milênio, como Weezer e Blink 182.

Float on – Modest Mouse

trilha sonora de Girlboss

“Nós dois fomos demitidos exatamente no mesmo dia, nós iremos levando, as boas notícias estão chegando e nós iremos levando, tudo bem”.

Float on é uma das faixas do álbum Good News for People Who Love Bad News da banda Modest Mouse, lançado em 2004.  

Eu já conhecia essa música há algum tempo e além da melodia alegrinha, a letra fala que apesar dos problemas, é possível tirar uma lição de cada dificuldade e que boas notícias sempre chegam.

 I’m Not Gonna Teach Your Boyfriend How to Dance With You – Black Kids

Essa música é mais uma daquelas baladinhas de rock alternativo/indie que fala sobre amor, tem a melodia super divertida e gruda na nossa cabeça. É do tipo que onde toca, deixa todo mundo feliz. Ela faz parte do EP Daytrotter Session da banda Black Kids, lançado em 2008.

Deceptacon – Le Tigre

Essa música é o maior sucesso do Le Tigre. A banda foi formada em Nova York, no ano de 1998 e traz em suas letras uma pegada Riot Grrl e temática LGBT.

Deceptacon faz parte do primeiro álbum de estudo de Le Tigre e onde toca, faz todo mundo dançar, dá vontade de ficar logo batendo o pezinho. O vídeo (que não sei se é oficial) tem uma coreografia maravilhosa.

I’ll Come Crashing – A Giant Dog

“Mamãe sempre me disse que eu deveria ter senso de orgulho/ Papai sempre me disse como ser um cara hétero
Diga sempre a verdade e nunca tenha nada a esconder
Mas eu vou atirar na lua
E vê-la cair do céu”

A música é da banda Giant Dog, formada em Austin Textas em 2008 e que traz uma mistura de punk rock com rock alternativo.

Além da letra forte, a batida é muito boa. É uma daquelas músicas que a gente ouve desde dirigindo, até batendo cabelo em algum rock.

Courtney Barnett – Nobody Really Cares If You Don’t Go To The Party

Essa foi uma das grandes descobertas que a trilha sonora de Girlboss me trouxe. Eu amo músicas com essa batida.

A letra fala sobre uma pessoa que sempre consegue o que quer, que tem a sorte do seu lado. Faz parte do EP Sometimes I Sit and Think, and Sometimes I Just Sit, lançado em 2015.

Courtney é australiana e suas letras são conhecidas por fazerem alusão ao deadpan ou humor seco, que em resumo é tipo a exibição de nenhuma ou pouca emoção, retratado de forma sarcástica. Eu fui ouvir outras músicas dela e amei.

Suzi Quatro – The Wild One

Essa canção tocou no primeiro episódio e foi uma das coisas que prendeu minha atenção à série. Ela é muito especial para mim desde 2010 quando apareceu no filme The Runaways, tenho até uma tatuagem sobre ela.

A letra fala de uma garota que não se deixa abalar, que sempre teve sonhos e não vai deixar ninguém tirar isso dela. É um hino motivacional e empoderador.

Suzi Quatro fez sucesso nos anos 70 e é da geração de The Runaways, Blondie, Gary Glitter. Além de cantora, é baixista e atriz.

 

Apesar da personalidade da protagonista Sophia Amoruso ser considerada “complicada”, a história da fundação da Nasty Gal é muito interessante. A série foi cancelada e particularmente eu acho que não tem mais enredo para manga. Porém, se tem uma coisa que marcou e que a Netflix acertou em cheio foi a trilha sonora de Girlboss, que combinou perfeitamente com as cenas e até com os figurinos da protagonista.

E aí, o que você achou das músicas?

Luana Maria

Autor Luana Maria

Luana Silva: 24 anos, paraibana, quase jornalista, capricorniana, apaixonada por trilhas sonoras e louca dos gatos.

Mais postagens de Luana Maria

Participe da discussão 2 Comentários

  • meg disse:

    Estou apaixonada pelo layout! Que blog incrível, ainda bem que decidi conhecê-lo! 🙂
    Ainda não assisti a GirlBoss mas curiosidade não me falta apesar de, exatamente, essas opiniões distintas!
    Omg, Otis Redding! Realmente, adoro a seleção de músicas para a série, transmite exatamente um ambiente que, certamente, ela se pretende encaixar. Adorei o seu post, excelente disposição das informações 🙂

    Apaixonadíssima e vou seguir! 🙂

    meg,
    swacre.blogspot.com/

Deixe um comentário