was successfully added to your cart.

A mídia influencia as pessoas: filmes, séries e comerciais lançam tendências e marcam gerações. Os personagens da TV ou do cinema tornam-se referência para as crianças e adolescentes. O que Eleven, Mad Max e Beverly tem a ver com isso?

Na minha infância, a maioria das produções para o público infanto-juvenil trazia mocinhas belas, porém atrapalhadas ou nerds desleixadas, que passavam por um dia de beleza e ficavam “lindas”. Essas histórias são boas e até hoje trazem nostalgia, mas havia a falta de outras figuras. Eleven, Mad Max e Beverly fogem dos estereótipos das garotas frágeis. São fortes e independentes, com um temperamento que chega a “assustar”os garotos. A aparência física deixa de ser uma preocupação, quando comparada à personalidade ímpar das personagens.

Eleven

“Onze”, em português, é uma das personagens principais da série “Stranger Things”. Ela foi separada da mãe ainda bebê, para ser cobaia do MK Ultra, projeto que testava a ampliação das habilidades psíquicas do ser humano. Criada em laboratório, Eleven se tornou extremamente forte, capaz de mover objetos e dar golpes usando a mente. Os poderes da garota da cabeça raspada ajudam os outros protagonistas da série – Will, Lucas, Mike e Dustin.

 

MadMax

Max Mayfield aparece na 2ª temporada de “Stranger Things”.  A menina de cabelos ruivos chamou a atenção dos meninos quando bateu o recorde de Dustin em um jogo de vídeo game, usando o nickname “MadMax”.

Ela não possui nenhum poder sobrenatural, mas tem uma personalidade bastante forte. Com suas roupas folgadas e andando de skate, a garota sempre fala o que pensa e ganhou destaque na série por isso. Foge completamente do estereótipo de como uma menina deve se comportar.

 

MadMax

Beverly

A personagem de “It: A Coisa” precisa enfrentar o palhaço Pennywise, os abusos do pai e a maneira como é tratada pela vizinhança. Apesar de ser uma pré-adolescente, Beverly é objetificada e julgada pelos boatos que a cercam. Chamam-lhe de vadia, puta, quando na verdade, é apenas uma garota que gosta de brincar livremente. Não vou me estender muito nesse caso, porque não quero dar spoilers, mas fiquei encantada com a bravura dessa garota.

 

 

Personagens como Beverly, Eleven e Mad Max são legais porque mostram que as garotas também podem ser fortes, líderes e independentes. Elas fogem da ideia de que uma menina precisa ter determinada aparência, sonhar com o “príncipe” ou ser sempre delicada. Espero ver mais personagens como elas nos próximos lançamentos, pois são excelentes referências quando o assunto é “lute como uma garota”.

Luana Maria

Autor Luana Maria

Luana Silva: 24 anos, paraibana, quase jornalista, capricorniana, apaixonada por trilhas sonoras e louca dos gatos.

Mais postagens de Luana Maria

Deixe um comentário