was successfully added to your cart.

Nos últimos anos, a moda feminina e masculina foram bem demarcadas, com peças delicadas e justas para as mulheres. A tendência oversized mostra uma quebra disso: sabe aquelas roupas que parecem que você pegou emprestado de alguém com o dobro do seu tamanho? Elas estão invadindo o street style.

O que é e quando surgiu o oversized

A tradução desse termo é “grande demais”. É marcado por peças em tamanhos maiores, folgadas, shapes largos, sempre “sobrando pano”.

Esse estilo já foi popular há alguns anos. Quem cresceu nos anos 90 já viu sessões de roupas unissex nas lojas, que com o tempo foram desaparecendo e peças oversized eram comuns.

Alguém lembra da Drew Barrymore da década de 90 usando aquelas jaquetas enormes? E das camisas grandes que Will usava em “Um Maluco no Pedaço”? Ou ainda dos suéteres largos e coloridos comum nas séries e filmes ambientados nos anos 80?

Tendência Oversized: Drew Barrymore, Will Smith usavam oversized nos anos 90Desde 2014 que a tendência voltou a dar as caras nas passarelas, mas somente em 2016 começou a tomar conta do street style. Agora marca presença em todas as vitrines e no guarda-roupa dos apaixonados por moda.

Como usar a tendência oversized

É muito fácil encontrar várias peças com esse estilo: jaquetas, blusas, calças, moletons, etc, basta escolher as suas favoritas. Vale até pegar aquela camisa do pai, irmão ou namorado emprestado.

Você pode combinar uma peça oversized com outra justa. Como uma calça boyfriend com um cropped ou uma camiseta grande com saia lápis, isso compõe um look mais equilibrado e discreto. Para quem gosta do estilo grunge, pode usar uma jaqueta por cima de roupas justas.

Tendência oversized

É possível também ousar um pouco mais e fazer um look todo oversized, sobrepondo as peças. E para o frio, que tal jogar aquele moletom folgado por cima da calça ou da saia?

Tendência oversized

Tendência oversized e feminismo

Por muito tempo, as roupas femininas geralmente eram  justas e traziam muitos detalhes. No oversized, as curvas marcadas são substituídas por “tudo bem ficar mais à vontade”. Mostra que é possível ter estilo e elegância com a silhueta livre. Além disso, por causa do tamanho, a maioria das peças é unissex.

A moda é também o reflexo de uma época e e essa tendência é mais uma da geração que está passando por muitas transformações. Faz parte da onda do “tudo bem se vestir da maneira que quiser”, sem as caixinhas da aparência.

Eu particularmente estou amando isso, porque gosto de me vestir de forma confortável. E você, o que achou? Conta aí nos comentários.

 

 

 

Luana Maria

Autor Luana Maria

Luana Silva: 24 anos, paraibana, quase jornalista, capricorniana, apaixonada por trilhas sonoras e louca dos gatos.

Mais postagens de Luana Maria

Participe da discussão 2 Comentários

  • Fernanda disse:

    Oi Lua! Primeiro: eu AMEI seu blog! Ele é lindo, to babando pelo layout!
    Sobre a tedência oversize: apoio e quero. Estou amando e feliz por estar vivêndo esse momento da moda: a moda inteligente, que faz sentido. Aquele papo de slowfashion então? Até arrepia shauhsa Enfim. Tenho inclusive uma jaqueta igualzinha a Drew na foto, e amo a pegada grunge que dá pra encaixar. Torcendo para o oversized chegar com força! Só não sei se vou conseguir chegar a esse nível de auto confiança e usar duas peças largas de uma vez, viu.
    Bjooos!! Já disse que amei o blog?

Deixe um comentário